O que eu também não lembro

Estou dentro de um ônibus indo para Nova York, tenho cinco horas pela frente e essa é a primeira vez em dias que consigo ter um tempo para não fazer nada. Trabalhar e fazer faculdade cansa demais, já não lembrava como era isso aos vinte e poucos anos. Decidi ligar para uma amiga, também não lembro a última vez que conversei com alguém do Brasil. Conversa vai e ela sempre me pergunta “E aí, amiga, você está feliz?”.

É tempo de final de ciclos, daqui a alguns dias já não terei mais 27 e a minha resposta é: SIM!

E não!

São dias e dias e se tem uma coisa que eu fiz nos últimos tempos foi não lembrar, como dá pra notar aqui.

Eu também não lembro muito quem eu era a dois anos e meio atrás, quando foi mesmo que eu deixei o pingado pelo copo de 500ml de café, a Brahma gelada pela Corona fria, o pão de queijo pelo ovo no café da manhã, o calor pelo frio, o MPB pelo country, o escritório pela casa ou quando deixei de ser a Sah pra ser a Sam.

Parece chique e bonito dizer que eu estou indo pra Nova York. E é, tirando o fato de eu estar sozinha com um cara estranho do meu lado em um ônibus barato, rezando pra ele não quebrar até lá.

Nova York foi o meu sonho a vida toda e pisar lá vai ser sempre como a primeira vez: Eu chego, respiro fundo, olho pra cima e penso que a vida é linda. Mas a verdade é que tudo vira rotina, a gente se acostuma, a vida segue mesmo que a gente não queira.

Estranho agora virou o aperto quando alguém diz que está indo no Shopping Bourbon, correr na Avenida Braz Leme. São Paulo, Rio de Janeiro, o calor de Morro de São Paulo na Bahia.

Outro dia a Jout Jout falou sobre lidar com as faltas.

E um dia eu sei que vou estar na África vendo elefantes de perto e esses dias frios e cinzentos em Nova York ainda vão esmagar meu coração.

Anúncios

Porto Rico – O que ver e fazer

Porto Rico (ou Puerto Rico em espanhol) esta localizado na parte oriental do Mar do Caribe e ao norte do Oceano Atlântico. É um arquipélago que inclui a ilha principal de Porto Rico e outras ilhas menores e é considerado território dos Estados Unidos desde 1898 quando o país venceu a Guerra Hispano-Americana que brigava para a Espanha não ter mais poder por nenhum território nas Américas. Porto Rico foi o último território colonizado a pertencer aos espanhóis. Por esse motivo, espanhol é a língua nativa dos porto riquenhos e tem o inglês como segundo idioma.

Imagem: Shutterstock

Continue lendo!

Harpers Ferry – West Virginia

Harpers Ferry é uma cidade super pequena no estado de West Virginia (Virgínia Ocidental) com mais ou menos 318 habitantes, cheia de história e muita natureza. É talvez a cidade mais conhecida do estado e foi construída na famosa Trilha Appalachian em um vale onde os rios Potomac e Shenandoah se encontram. Foi nessa cidade, por volta de 1959, que a Guerra Civil Americana deu os primeiros sinais. John Brown, um abolicionista extremista, e seus seguidores tentaram iniciar uma rebelião de escravos no vilarejo atacando o arsenal local para conseguir armas, mas Brown foi capturado um dia depois, julgado e condenado à morte por enforcamento, culpado de traição. Entre muitos acontecimentos nessa época, a Virgínia foi separada em dois estados sendo criado West Virginia. O melhor de tudo? A cidade continua com as mesmas características dessa época.

Bate e volta para Filadélfia – Pensilvânia

A Filadélfia é uma das cidades mais antigas dos Estados Unidos e tem muita história para contar. Foi lá que aconteceu a Revolução Americana e a independência do país. Ouvimos falar da Filadélfia no “O maluco no pedaço” e foi lá que foram gravados filmes como “Rocky Balboa” e “Creed – Nascido para lutar”.

Roteiro Chicago – Illinois, o que ver e fazer

Há quase um mês três amigas e eu decidimos conhecer Chicago em Illinois. Chicago não estava nos meus top destinos para visitar nos Estados Unidos, mas estou simplesmente apaixonada.

Cidade grande, populosa, LINDA, fácil de andar e entender e não dá para deixar de conhecer.

Fiz um resumo das minhas impressões, do que visitei e o que acho imperdível. Vem ver!