O que eu também não lembro

Estou dentro de um ônibus indo para Nova York, tenho cinco horas pela frente e essa é a primeira vez em dias que consigo ter um tempo para não fazer nada. Trabalhar e fazer faculdade cansa demais, já não lembrava como era isso aos vinte e poucos anos. Decidi ligar para uma amiga, também não lembro a última vez que conversei com alguém do Brasil. Conversa vai e ela sempre me pergunta “E aí, amiga, você está feliz?”.

É tempo de final de ciclos, daqui a alguns dias já não terei mais 27 e a minha resposta é: SIM!

E não!

São dias e dias e se tem uma coisa que eu fiz nos últimos tempos foi não lembrar, como dá pra notar aqui.

Eu também não lembro muito quem eu era a dois anos e meio atrás, quando foi mesmo que eu deixei o pingado pelo copo de 500ml de café, a Brahma gelada pela Corona fria, o pão de queijo pelo ovo no café da manhã, o calor pelo frio, o MPB pelo country, o escritório pela casa ou quando deixei de ser a Sah pra ser a Sam.

Parece chique e bonito dizer que eu estou indo pra Nova York. E é, tirando o fato de eu estar sozinha com um cara estranho do meu lado em um ônibus barato, rezando pra ele não quebrar até lá.

Nova York foi o meu sonho a vida toda e pisar lá vai ser sempre como a primeira vez: Eu chego, respiro fundo, olho pra cima e penso que a vida é linda. Mas a verdade é que tudo vira rotina, a gente se acostuma, a vida segue mesmo que a gente não queira.

Estranho agora virou o aperto quando alguém diz que está indo no Shopping Bourbon, correr na Avenida Braz Leme. São Paulo, Rio de Janeiro, o calor de Morro de São Paulo na Bahia.

Outro dia a Jout Jout falou sobre lidar com as faltas.

E um dia eu sei que vou estar na África vendo elefantes de perto e esses dias frios e cinzentos em Nova York ainda vão esmagar meu coração de saudade.

Anúncios

Oahu, Havaí – 7 dias no paraíso

O Havaí é arquipélago com oito ilhas no meio do Oceano Pacífico e um dos cinquenta estados americanos, mas de tão longe nem parece que faz parte dos Estados Unidos. O lugar é um paraíso e tem tantas coisas legais que nem sei por onde começar.

Haleiwa Beach, North Shore

Continue lendo!

A fotografia de Simone Lobo

Quem me conhece sabe que amo fotografia, tenho fotos guardadas desde que me entendo por gente, gosto de revelar fotos, a GoPro é hoje minha melhor companheira de viagens e o Instagram a minha rede social favorita. Já até pensei em trabalhar com isso, mas por alguns motivos acabei desistindo. Mas continuo admirando quem faz disso uma profissão e faz com tanta qualidade.

Então, hoje vim mostrar o trabalho incrível da Simone Lobo, uma fotógrafa dedicada a casamentos, e entender como a fotografia chegou na vida dela.

Continue lendo!

12 coisas que você não pode deixar de fazer nos Estados Unidos

Depois de um ano nos Estados Unidos já tenho a minha listinha das coisas que gosto de fazer e que tento repetir sempre, já que é tudo muito diferente do que temos no Brasil. Outro dia perguntei pra minha host family o que mais um americano faz que eu deveria fazer também e eles me responderam: Ser preso, matar alguém e tentar se matar, porque é isso que americano faz hahaha. Brincadeiras a parte acho que essa lista é válida pra quem está aqui só a passeio, de férias e também pra quem está por longo prazo.
Continue lendo!

Porto Rico – O que ver e fazer

Porto Rico (ou Puerto Rico em espanhol) esta localizado na parte oriental do Mar do Caribe e ao norte do Oceano Atlântico. É um arquipélago que inclui a ilha principal de Porto Rico e outras ilhas menores e é considerado território dos Estados Unidos desde 1898 quando o país venceu a Guerra Hispano-Americana que brigava para a Espanha não ter mais poder por nenhum território nas Américas. Porto Rico foi o último território colonizado a pertencer aos espanhóis. Por esse motivo, espanhol é a língua nativa dos porto riquenhos e tem o inglês como segundo idioma.

Imagem: Shutterstock

Continue lendo!