Porto Rico – O que ver e fazer

Porto Rico (ou Puerto Rico em espanhol) esta localizado na parte oriental do Mar do Caribe e ao norte do Oceano Atlântico. É um arquipélago que inclui a ilha principal de Porto Rico e outras ilhas menores e é considerado território dos Estados Unidos desde 1898 quando o país venceu a Guerra Hispano-Americana que brigava para a Espanha não ter mais poder por nenhum território nas Américas. Porto Rico foi o último território colonizado a pertencer aos espanhóis. Por esse motivo, espanhol é a língua nativa dos porto riquenhos e tem o inglês como segundo idioma.

Imagem: Shutterstock

– O que fazer

Isla Verde, Carolina – Uma praia mais urbana no condado de Carolina, alguns minutos de San Juan. Foi a minha primeira praia e já me surpreendi. Areia bem branca e a água tinha uma cor verde escura, bem diferente de tudo o que já vi. Ver o pôr do sol de lá, assim como todas às praias da ilha, era a melhor coisa do dia. Não precisa ficar na praia o dia todo, dá pra aproveitar um pouco e ir conhecer outros lugares.

Flamenco, Ilha de Culebra – É considerada uma das praias mais bonitas do mundo pelo TripAdvisor e realmente o cenário é de surpreender, da balsa já dá para ver a cor do mar mudar. Com pouca estrutura, pequenos hotéis, longe dos prédios e agito da cidade, águas claras e areia branca é o destino ideal pra passar um dia inteiro. Se ficar por mais tempo, dá pra ir pra outras praias na mesma ilha. Também da pra fazer windsurf e mergulho.

Como chegar: É preciso pegar um balsa no terminal de balsas e lanchas de Fajardo e de lá pegar um táxi até a praia. A balsa também transporta carros para a ilha, mas só aconselho se for ficar mais de um dia, se não tem um estacionamento próximo ao terminal. São em média três balsas por dia.

Se for em alta temporada, se prepara para passar horas em uma fila com sol, calor e muita confusão para tentar embarcar. Chegamos às 4h da manhã e só as 11h nos avisaram que não havia mais bilhetes disponíveis para o período da manhã. Vi pessoas que perderam quase dois dias tentando ir e não conseguiram. Por sorte encontramos uma pessoa disposta a nos ajudar e que deu o famoso “jeitinho” latino. Além disso, o trajeto de balsa dura em torno de uma hora e meia, dependendo das condições climáticas e do mar, além da paciência é preciso preparar o estomago.

Valor da balsa: 4,50 ida e volta.

La Cueva Del Indio, Arecibo – A prova de que a natureza faz arte. As pedras são bem altas e dão uma bela vista para o mar e também tem uma caverna que dá para descer através de uma escada de madeira bem ingrime. Na entrada o guia turístico fala tudo o que dá para fazer por lá.

Entrada: 5$ por carro.

Gozalandia Waterfall (San Sebastian), Aguadilla – Uma das cachoeiras mais incríveis e legais que eu já fui. São duas cachoeiras, em uma delas tinha uma corda amarrada na árvore e o pessoal estava brincando de se jogar na água. Pensa que eu fui, cai toda torta, bati o pé na pedra e morri de medo. Não satisfeita, tentei mais uma vez e foi pior ainda haha. Não tenho força no braço e não consegui me segurar por muito tempo. Mas vale tentar. O lugar tem um restaurante/lanchonete e estacionamento.

Entrada: 1$ por pessoa ou 5$ por carro.

Old Aguadilla Lighthouse Ruins – Ou Ruínas Faro Punta Borinquen como também são conhecidas, é uma estrutura que foi construída a muito tempo para abrigar uma torre e um farol, porém um terremoto a destruiu e deixou apenas o que é hoje, o que não tira a beleza do lugar. Vale a pena passar por lá!

Praia Crash Boat, Aguadilla – Chegamos nessa praia no final do dia e pegamos um por do sol lindo. Mas a praia estava bem cheia, muita gente acampando e bem suja.

Playa Buye – Minha praia favorita junto com a Flamenco, essa ainda ganhou porque estava mais vazia.

Playa El Combate e Cabo Rojo Lighthouse – No caminho para a praia e o farol tinham várias placas de alerta para área de tsunami. Que medo! Não ficamos nessa praia porque estava ameaçando chover, então já subimos para o farol que tem uma vista incrível. A praia era caminho, a pé, para o farol.

Boqueron Beach, Cabo Rojo – Mais uma praia linda, com água clara e que dava até pra ver os peixes. Mas o que mais aproveitamos foi o quiosque/restaurante Buena Vibra de frente pra praia. Que saudade que eu tenho disso nas praias do Brasil, já que nos Estados Unidos não tem. Fiquem a tarde e se puder o dia lá, bebam a cerveja porto riquenha Medalla, Pina Colada e comam frutos do mar que é uma delícia e barato. Ficamos na praia até e noite e só fomos embora quando só dava pra ver a luz da lua haha. Que delícia!

Old San Juan – Ou Viejo San Juan é a seção colonial história de San Juan que mantem muitas das características antigas. Ruas estreitas, casas e portões coloridos, cafés e lojinhas.

Castillo San Felipe Del Morro – Ainda aos arredores de Old San Juan, Castillo San Felipe Del Morro é patrimônio histórico da UNESCO, foi construído para proteger Porto Rico de invasões em épocas de guerra e tem uma das vistas mais bonitas da cidade.

Passeio ao redor: Gratuito
Entrada no Castelo: 6 dólares
Para saber um pouco mais da história, clique aqui!

– Onde comer

Fiquei com receio de comer em muitos lugares por aparência dos alimentos e dos restaurantes, e não queria passar mal longe de casa e de férias. Mas tirando os tradicionais Fast Foods recomento alguns lugares:

• Pizzaiolo Brazilian Pizzaria em Carolina, San Juan – Porção de coxinha, pizza e suco para quatro pessoas: 15$ cada.
• Padaria Kasalta em San Juan – Muito boa apesar de cara. Sanduíche pequeno: 6$, café pequeno 3$.
Empanadas nos quiosques da praia Flamenco, Culebra –  3$ cada.
• Buena Vibra, Boqueron Beach, Cabo Rojo – Como falei lá em cima, esse quiosque vale super a pena. Comer e beber muito bem em torno de 25$ por pessoa.

– Compras 

• Puerto Rico Premium Outlets: Na cidade de Barcelona a uma hora de San Juan. Muito parecido com Miami e Orlando, a outlet tem 90 lojas com marcas como Michael Kors, Nike e Kenneth Cole.

Avenida Ashford: No elegante bairro de Condado em San Juan. Em menos de 100 metros marcas como Louis Vuitton, Salvatore Ferragamo, Cartier e Gucci.

Pra quem está indo dos Estados Unidos acho que não vale a pena se preocupar com compras, já que o país tem milhões de opções de compras e outlets.

– A noite 

La placita, San Juan – Algumas ruas, muitos bares, baladas e gente na rua no maior estilo “Brasilzão”.

– Roteiro de quatro dias

• Um dia e meio em San Juan: Isla Verde e Flamenco Beach, Culebra.
• Saímos de San Juan de madrugada sentindo Cabo Rojo e fomos parando: La Cuerva Del Indio – Arecibo, Gozalandia Waterfalls, San Sebastian – Aguadilla, Old Aguadilla Lighthouse Ruins e Crash Boat Beach, Aguadilla.
Um dia hospedadas em Cabo Rojo: Playa Buye, Playa El Combate e Cabo Rojo Lighthouse e por último Balneario Boquerón.
• No último dia saímos de Cabo Rojo sentido San Juan, já que o aeroporto fica lá e fomos para Old San Juan e Castillo San Felipe Del Morro.
Para chegar aos lugares não precisa do endereço específico, basta colocar o nome no GPS.

– Hospedagem

Airbnb em San Juan: Lugar ok pra passar alguns dias e bem próximo do centro de San Juan. Ótimo pra sair a noite, perto da La placita.
Airbnb em Cabo Rojo: Não tem muita opção pra curtir a noite perto mas a casa é muito gostosa e arrumadinha.

– Faltou ver

Porto Rico tem muita coisa para ver e não caberia listar aqui tudo o que faltou. Uma dica é o Instagram Places Puerto Rico que tem fotos incríveis e cito dois lugares que não consegui ir mas que vale a pena tentar:
Praia de Fajardo –  Onde foi gravado o filme “Piratas do Caribe – Navegando em águas misteriosas” e,
La Parguera – Que a água brilha durante a noite em alguns períodos do ano devido a presença de micro-organismos marinhos na água. O acesso a ilha não é fácil, ainda mais a noite, mas deve valer muito a pena.

– Mais informações

• Pode beber na rua e na praia.

• A moeda de Porto Rico é o dólar.

• Os celulares das companhias americanas funcionam em Porto Rico.

• Muita gente não fala inglês em Porto Rico, então se você souber um pouco de espanhol vai ajudar.

• Não se apeguem as fotos do Google, sites de viagens e nem as minhas fotos. Garanto que estar lá é completamente diferente e não menos bonito. Mas em cada época do ano a água muda de cor, no verão tem mais pessoas nas praias e consequentemente mais lixo.

• Eu não gostei das cidades, mas se apeguem a natureza que é o forte de Porto Rico.

• Créditos das fotos lindas: Gabriela Castro.

Anúncios

8 comentários sobre “Porto Rico – O que ver e fazer

  1. Meu!!! Que incrível!!!
    Adorei k que você fez com a nossa viagem é super útil pras outras meninas!
    Adorei ver as minhas fotos aqui! Me senti uma fotógrafa vendo suas fotos em um artigo do G1!!! Hahahahha
    Continue com o blog! Eu adorei!
    😘😘😘

  2. Ola Samanta, tudo bem??? Adorei seu post sobre Porto Rico, super completinho e com fotos lindas!!!! Mas, eu continuo com uma duvida. Meu noivo e eu chegaremos em San Juan vindo de um cruzeiro e ficaremos dois dias. Estava pensando em, no segundo dia ir para Culebra, nas praias como Flamenco e Tamarindo.. E eis que me pego na bendita da balsa que vai pra la. Até nesse link que vc disponibilizou aqui (e ja tinha visto) eles colocam o site do ‘Culebra Ferry” para se comprar os tickets on line. http://www.culebraferry.com/
    Confesso que, mesmo eles cobrando uma taxa de serviço meio absurda perto do valor do ticket, estou pensando que vale a pena.. voce conhece sobre isso? será que é ‘verdadeiro?”

    Olha, eu venho procurando em varios lugares sobre essa balsa.. principalmente comentarios de pessoas que realmente fizeram o trajeto. mta gente diz ser meio trouble mesmo, o que me preocupa. Nós iremos agora em outubro, ou seja, nao é alta temporada.

    Caso nao de certo de comprar o ticket on line, voce acha que chegando la umas 6horas da manha conseguimos comprar os tickts de ida e volta?
    E na volta, corre o risco da balsa nao sair de la???? tenho medo por causa do navio…

    Agradeço desde já a ajuda e parabens pelo Blog!

    • Oi, Fernanda! Tudo ótimo e com você?
      Obrigada pelo comentário e pelos elogios!

      Eu não sabia que eles vendiam tickets online e não sei se é uma informação verdadeira. Perto da bagunça que vi, não sei se pode ser confiável.
      As opções que eu sei são de ir um dia antes e comprar ou chegar bem cedo no mesmo dia. Eu cheguei às 4h da manhã, quando a bilheteria ainda estava fechada, e já estava com uma fila imensa, mas como vocês estão indo fora de temporada, pode ser que a fila esteja menor e 6h da manhã seja o suficiente.
      Quando fui, os tickets para voltar também tinham acabado e às pessoas estavam indo sem saber se conseguiriam voltar no mesmo dia. Como comentei no post, fomos e voltamos no mesmo dia com muita sorte, com um “jeitinho” que deram pra nos ajudar.
      Conheci pessoas que foram meses antes de mim e não conseguiram pegar essa balsa, só perderam tempo.
      Infelizmente, com essa desorganização deles, não consigo afirmar nada.

      Acho que vocês precisam ir com um plano B caso não consigam pegar a balsa, mesmo porque ela fica cerca de uma hora de carro de San Juan. Uma opção é ir bem cedo e tentar ir para Culebra, assim que chegar já vê o tamanho da fila, tenta conversar com mais de um funcionário, com o pessoal da fila, pedir informações etc. Se ver que está com cara de complicado… Tem uma outra balsa que sai do mesmo lugar e vai para uma ilha chamada Vieques. Eu não fui pra lá, mas minhas amigas chegaram um dia antes de mim e foram, amaram e acharam tão lindo quanto Flamenco. Outra opção é ir para Fajardo que também fica perto da balsa, parece ser lindo e dá para ir de carro.

      Espero ter ajudado e depois me conta como foi tudo por lá! E se eu puder ajudar com mais alguma coisa, só avisar.
      Boa viagem! 🙂

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s